Em Agôsto de 2012, criaram-se determinadas situações conflitantes no govêrno
israelense liderado por Benjamin Nataniahu, que culminaram com a decisão do
Primeiro Ministro em anteceder as eleições parlamentares para inicios de 2013. No
partido "Kadima", até então liderado por Tzipi Livne, foi eleito para substitui-la
Shaul Mofaz, que quase que imediatamente aceitou a proposta de Natanihau para
unir-se ao Likud. Dois meses antes o partido trabalhista havia se retirado da coalisão
e o Kadima, segundo os interesses partidarios de ambas as partes, uniu-se ao governo
para substitui-lo. Por sua vez, Livni, em colaboração com varios dissidentes do
partido Kadima, formou um novo, sob o nome "Hatnua'".
A sucessão de acontecimentos, face os movimentos partidarios visando preparar-se
para as futuras eleições, teve como ponto dramatico a proclamação aos eleitores de
que o Likud e o partido "Israel Beiteinu", este último liderado por Avigdor
Liberman, haviam unido ambos os partidos, criando um novo, denominado "Likud
Beiteinu".
Concomitantemente, o Kadima decidiu desligar-se da coalisão, em virtude de Mofaz
não ter conseguido conciliar os interesses de seu partido no govêrno, atraves de sua
eventual posse como Ministro da Defesa, possibilidade rechaçada por Ehud Barak
que se opôs a abrir mão do cargo.
Pouco tempo depois surgiram como participantes ativos na arena politica os partidos
"Iesh Atid", liderado por Yair Lapid e o partido religioso não ortodoxo, "Bait
Haiehudi" , encabeçado por Naftali Benet. Os dois novos partidos lograram captar 30
cadeiras no parlamento (Lapid, 18 e Benet 12).
As tratativas coalizantes que se seguiram resultaram na formação do novo govêrno,
contando com a maioria de 68 parlamentares de um total de 120 que formam o
"Knesset" (denominação hebraica do parlamento israelense).

Likud (Beiteinu) - 31
Iesh Atid - 18
Bait Haehudi - 12
Hatnua' - 6
Kadima - 1
_____________________________
Partidos Religiosos - 20
Avoda' - 16
Meretz - 8
Partidos Arabes - 8



A DISSOLUÇÃO DA 19a. CADÊNCIA DO  "KNESSET"
©
O GOVERNO ISRAELENSE DE 2013 ©
POR SALO YAKIR - NOVEMBRO 2012 / DEZEMBRO 2014